fbpx
(66) 3423 1277 - (66) 99684-1054      ccdlroo@cdlroo.org.br

Notícias

COVID-19: CDL de Rondonópolis protocola lista de pedidos ao Poder Executivo

publicado em 19 de março de 2020

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Rondonópolis (CDL), em nome de seu presidente, Thiago Sperança, protocolou nesta quinta-feira (19) junto ao Poder Público Municipal uma lista de pedidos que atendem às necessidades de lojistas, demais empresários e sociedade em geral neste período de prevenção à propagação do Coronavírus no município. O documento visa assegurar benefícios e garantir a atuação de órgãos de fiscalização na prestação de serviços essenciais à população.

Também assina o documento o Sindicato do Comércio Varejista de Rondonópolis. Para o presidente da CDL, o momento exige a participação efetiva das entidades representativas “Nossos esforços são para dar segurança financeira ao empresariado local e a garantia de emprego e renda aos colaboradores. Estamos atravessando um período delicado, que não requer pânico, mas, sim, ações que possam contribuir para a redução dos danos e retomada imediata da nossa economia já em curto e médio prazos”, diz.

Desde o início do mês, a CDL de Rondonópolis se comprometeu em atender às recomendações da Secretaria Municipal de Saúde e demais órgãos especializados, como a Organização Mundial de Saúde (OMS). Toda a programação de março foi temporariamente suspensa na entidade. “Tal medida tem como finalidade a prevenção da transmissão da pandemia COVID-19, doença causada pelo Coronavírus, devido ao aumento significativo do número de infectados em nosso país”, disse nota emitida à época, também assinada pelo presidente Thiago Sperança.

Abaixo os pedidos contidos no documento protocolado:

. Redução do horário de expediente comercial das 10 horas às 18 horas.

. Suspensão dos pagamentos de taxas e tributos municipais (ISSQN, IPTU, Lixo e iluminação pública) por 180 dias para todas as pessoas físicas e jurídicas no município.

. Suspensão do Passe Livre Estudantil durante o período de adiamento das aulas e permitir apenas passageiros sentados no transporte coletivo, para evitar aglomerações.

. Suspensão da exigência de renovação de alvarás de funcionamento e licenças da vigilância sanitária.

. Viabilizar REFIS 2020;

. Intervenção junto ao Rotativo Rondon para diminuição na taxa de estacionamento.

. Prorrogação do vencimento da cobrança do consumo de água, pela SANEAR, para 90 dias após o vencimento.

. Atuação educativa do PROCON municipal, no intuito de prevenir multas e sanções às empresas (orientar os estabelecimentos para o cumprimento das obrigações, como o não aumento abusivo de preços).

. Campanha educativa à sociedade sobre as práticas e cuidados a serem tomado nos estabelecimentos de funcionamento essenciais (evitar filas e aglomeração).

. Aumentar a fiscalização da vigilância sanitária nos estabelecimentos em que há manuseio de alimentos que são distribuídos via delivery para população.

internaoficiocdl