((66) 3423 1277 - Plantão: (66) 99684-1054 / 99685-0088      ccdlroo@cdlroo.org.br

Consumidor

Como faço pra regularizar minhas dívidas?


Procure a empresa ou banco para qual você está devendo, fale com a área de cobrança e regularize sua dívida. A própria empresa se encarregará de comunicar a quitação da dívida aos órgãos de proteção ao crédito e solicitará a retirada do registro negativo em seu nome. Atenção: sempre exija um documento que comprove a regularização. Se preferir, procure também o Serviço de Proteção ao Crédito da sua cidade e apresente a cópia autenticada que comprova o pagamento ou o acordo com a empresa.

Como faço para regularizar protestos em meu nome?


Dirija-se ao cartório que registrou o protesto e solicite uma certidão para obter os dados da empresa que o protestou, depois entre em contato com essa empresa e regularize o débito. Solicite a empresa um comprovante de quitação da dívida: uma carta assinada com firma reconhecida e retorne ao cartório onde consta o registro do protesto e solicite o cancelamento.

Perdi meus documentos, o que devo fazer?


Ao notar falta de seus documentos pessoais, cartões magnéticos ou talões de cheques, dirija-se imediatamente à Delegacia de Polícia mais próxima e registre Boletim de Ocorrência. Em seguida, ligue para o Serviço de Proteção ao Crédito da sua cidade e registre a subtração ou perda de seus documentos e talonários de cheques, pois assim, os comerciantes filiados às duas entidades, após consulta, que normalmente fazem, impedirão compras ou abertura de crédito fraudulento. Comunique imediatamente o banco e a operadora de seu cartão de crédito, no caso de subtração ou extravio dos cartões eletrônicos.

Saiba o que fazer quando o credor não é encontrado


Quando a dívida em questão é com cheque, o primeiro passo a dar é pedir a microfilmagem do cheque, dessa forma, será possível ter os dados de quem depositou o cheque. Com os dados da empresa credora, o consumidor pode acessar o site da Receita Federal e descobrir alguns dados importantes para fazer o contato. Caso não encontre, procure a Junta Comercial para descobrir se a empresa mudou de nome ou de endereço. Se mesmo após todas essas tentativas o consumidor não conseguir contato com a empresa credora, é possível entrar com uma ação de consignação em pagamento para depositar a dívida em juízo.